Skip links

Como o computador é infectado por vírus?

Existem várias maneiras de infectar um computador com spyware, vírus e outros malwares. Veja uma lista de métodos de como seu computador pode ser infectado. Fizemos esta lista na ordem que acreditamos ser menos comum.

Aceitando sem ler

De longe, uma das formas mais comuns de infectar um computador é quando um usuário aceita o que vê na tela sem ler o antes de prosseguir. Exemplos:

  • Enquanto navega na Internet, aparece um anúncio ou janela da Internet que diz que seu computador está infectado ou que é necessário um plug-in exclusivo. Sem entender completamente o que você está recebendo, você aceita o aviso.
  • Ao instalar ou atualizar um programa, você é solicitado (muitas vezes, as caixas de seleção já marcadas), se não há problema em instalar programas adicionais que você pode não querer ou são projetados para monitorar o uso do programa.

Dica: Ao instalar um programa, você tem as opções entre uma instalação automática e personalizada. Se você estiver instalando algo da Internet, sugerimos que faça uma instalação personalizada e leia toadas as etapas e telas com cuidado para garantir que nada seja adicionado ou alterado durante a instalação.

Abrir arquivos do Word, Excel, etc…

Outro problema ao executar documentos do Office são os macros, a Microsoft por padrão bloqueia a execução destes, mostrando uma notificação pedindo autorização para execução que muitas pessoas acabam executando sem saber.

Vírus de macro são vírus de computador que usam uma linguagem de programação de macro do aplicativo para distribuir a mesmos. Essas macros com o potencial de causem danos ao documento ou de outro software de computador. Esses vírus podem infectar arquivos do Word, bem como qualquer outro aplicativo que usa uma linguagem de programação.

Ao contrário do sistema operacional, vírus de macro não infectam programas; eles infectam documentos e modelos. Quando você abre um documento ou modelo que contenha um vírus ele infecta o seu sistema e se espalha para outros documentos em seu sistema.

Download de qualquer software infectado

Ao baixar qualquer software (programas, utilitários, jogos, atualizações, demonstrações, etc.) pela Internet, verifique se você está baixando o software de uma fonte confiável. Certifique-se de executar seus downloads através de seus scanners antivírus e spyware após a conclusão. Como afirmamos em uma seção anterior, durante o processo de instalação, leia todos as etapas e telas sobre o que o programa está instalando em seu computador.

Dica: verificar se um site é confiável usando ferramentas como o VirusTotal.

Abrindo anexos de e-mail

Como regra geral, não abra o e-mail que você não esperava receber. Os computadores podem ser infectados quando os usuários abrem anexos de e-mail que contêm código mal-intencionado. Mesmo que a mensagem seja de um colega de trabalho, amigo ou membro da família, sempre tenha cuidado antes de abrir um link ou baixar um anexo.

HD externo ou Pen drive Infectado

Qualquer disco ou pen drive conectado em seu computador pode estar infectado por um vírus. Desde que algo seja gravável, um vírus pode passar de um computador para esse disco, disco ou unidade. Uma tática comum usada por hackers para obter acesso a uma rede é deixando de fora um pen drive com código malicioso. Então, quando um usuário coloca o pen drive em seu computador, ele é infectado por um vírus ou cavalo de tróia.

Nota: Essa mesma regra se aplica a qualquer unidade ou computador conectado à rede. Se outro computador tiver acesso de gravação ao seu computador ou uma unidade acessível pelo seu computador, um vírus poderá se mover entre computadores em uma rede.

Visitando links desconhecidos

É possível para qualquer um criar um site e, se uma pessoa mal-intencionada tiver criado o site, poderá fornecer acesso ao seu computador, enviar arquivos maliciosos ou obter informações confidenciais sobre o seu computador. Sempre seja cauteloso e desconfiado de qualquer link enviado por chat, e-mail ou SMS.

Observação: uma tática comumente usada com phishing é fazer um link parecer um link legítimo, mas redirecioná-lo para uma página diferente ou pode se assemelhar a um URL legítimo.

Dica: você pode verificar se um site é confiável usando ferramentas como o VirusTotal.

Não estar executando as atualizações mais recentes

Muitas das atualizações, especialmente aquelas associadas ao Microsoft Windows, são orientadas à segurança. Mantenha sempre seu sistema operacional e programas atualizados. Os plug-ins associados ao seu navegador também podem conter vulnerabilidades de segurança.

Atualizações em sua grande maioria são correções de erros e falhas de segurança encontradas, por isso é essencial que mantenha tudo sempre atualizado.

Pirateando software, música ou filmes

Se você ou alguém no seu computador estiver participando de um BitTorrent ou outro serviço para trocar ilegalmente músicas, filmes ou software com direitos autorais, você pode estar em risco. Às vezes, esses arquivos e programas contêm vírus, spyware, trojans ou software mal-intencionado, além do que você acredita estar baixando.
Nenhum scanner de spyware antivírus


Se você estiver executando um computador com o Microsoft Windows, é altamente recomendável que você tenha alguma forma de proteção antivírus e contra spyware ou malware. Este software pode remover qualquer vírus e spyware existente e ajuda a evitar futuras infecções.

Deixe uma resposta