Skip links

Bitcoin: tudo o que você precisa saber.

Tenho certeza que você já ouviu falar de bitcoin, afinal, quem não quer uma moeda que vale U$ 6.500,00? Mas você sabe o por que do seu valor elevado? Para entender de fato, vamos começar pelo começo:

O que é um bitcoin?

Bitcoin ( ou BTC), é uma moeda virtual criada por Satoshi Nakamoto em 2009. O nome é a junção da palavra bit (menor unidade de informação, no contexto informático) e coin (moeda em inglês). O Bitcoin não é dependente de um organismo administrador central, ou seja, não é possível que um desses organismos manipule o seu valor.  Através do site Bitcoin, é possível adquirir e fazer transferências da determinada moeda de forma anônima. Essa descentralização e anonimato parecem estratégias de diferenciação de outras moedas virtuais já existentes. As bitcoins são guardadas pelos seus respectivos donos nos seus computadores, o que é visto por muitos como uma desvantagem, já que ficam mais vulneráveis a um possível ataque de um hacker.

Como conseguir um bitcoin?

Basicamente, há 2 maneiras de conseguir bitcoins: minerando ou negociando. Para negociar, é necessário ter um conta em alguma agência que negocia bitcoins e começar as transações. Já a mineração, é necessário um poder computacional considerável para completar todos os cálculos do bloco. A capacidade computacional deve se adaptar também, já que, por definição de algoritmo, o número máximo de bitcoins existente no mercado, é de 21 milhões de bitcoins, após isso, a mineração ganhará somente as taxas de transação. A cada 10 minutos, 1 novo bloco de código é gerado e é lançado na rede para todos os pares (arquitetura peer-to-peer), aquele par que resolver primeiro avisa a resposta, reivindica a solução, os outros pares validam a transação e o par que resolveu primeiro, ganha o bloco de bitcoins. Em 2012, cada bloco continha 50 BTC, hoje cada bloco tem em torno de 12,5 BTC. Estima-se que o último bitcoin será minerado em 2140.

Onde eu gasto bitcoin?

Engana-se quem acha que bitcoin é só usado para encomendar assassinatos ou comprar drogas na deep web. O fato da moeda ser independente de um banco central, ela é muito atraente para grande parte das lojas. Se o ano fosse 2012, pouquíssimas empresas aceitariam, mas hoje em dia, é possível comprar produtos e serviços com a moeda. É possível conferir uma lista de empresas que aceita clicando aqui.

Por ser uma moeda independente, ela tem uma variação que assusta à primeira vista, mas é possível fazer altos rendimentos com ela, porém, é necessário muito conhecimento e muuuuito sangue frio. Caso tenha interesse em estudar mais sobre o mercado de bitcoins, acesse esse curso que vai te ensinar tudo o que precisa para começar a faturar muito com essa moeda.

Deixe uma resposta